Archive for the ‘Economia’ Category

Geração de Empregos cresce 13,3% com 1,22 milhão de postos de trabalho.

agosto 23, 2007

Poderia ser bem melhor…

Caros leitores do Acorda Brasil. O número de empregos formais cresceu 13,3 % nos primeiros 7 meses do ano ficando somente 180 mil postos abaixo do que os criados em 2006.

Isto representa um grande avanço na economia porém deve ser visto com mais cautela. Os juros vêm caindo nos últimos meses porém de maneira muito conservadora e lenta, além da carga tributária continuar sendo muito pesada tanto para os empregadores quanto para empregados.

O Governo Federal está estudando uma forma de reduzir impostos das indústrias que mais empregam, desta forma possibilitará um maior avanço na geração de empregos e estimulará significativamente a criação de novos postos de trabalhos facilitando o crédito para estas empresas garantindo a saúde financeira das mesmas.

Os números são bons. Devem ser vistos com bons olhos mas devemos ter a certeza de que poderiam ser bem melhores. Certamente essas ações poderiam já ter sido tomadas há muito mais tempo e os frutos já estariam sendo colhidos hoje com uma menor vulnerabilidade da economia brasileira no mercado internacional.

Anúncios

Bolsa de Valores tem nova valorização!

agosto 22, 2007

Será o fim da turbulência ou apenas uma trégua?

Olá amigos e leitores do Acorda Brasil. A bolsa de valores de São Paulo registrou nesta última quarta-feira, 22 de Agosto, mais um dia de alta sendo a segunda maior alta já registrada no ano. O volume negociado ficou em 5,3 bilhões enquanto que a média do ano é de 4,3 bilhões. O mercado está prevendo um corte na taxa de juros pelo FED, o que faria com que investidores “olhassem com bons olhos” os mercados emergentes como o Brasil.

Grande parte dos analistas prevêem uma redução por parte do banco norte-americano até Setembro. Isto vem deixando o mercado mais otimista e está ajudando a diminuir o reflexo dos péssimos resultados dos últimos dias por conta da crise mundial das bolsas.

Porém alguns analistas preferem aguardar o corte para afirmar que o mercado está realmente se estabilizando ou se é somente uma trégua dada por ventos passageiros…

Mantega diz: CPMF é fácil de cobrar e pagar que ninguém sente.

agosto 19, 2007

Seu dinheiro é lixo?

Isso é inacreditável !!! O atual Ministro da Fazenda Guido Mantega teve a coragem de afirmar que a CPMF é muito fácil de pagar que ninguém sente no bolso. Ele só pode estar de brincadeira né. Não dá pra acreditar que isto seja uma afirmação de uma autoridade do Governo que tem como única função garantir o crescimento econômico do País e as contas do Governo em ordem.

Segundo Mantega é muito fácil cobrar e também pagar a CPMF e que os contribuintes nem sentem no bolso. Só se for no bolso dele né porque ninguém aguenta mais pagar essa maldita contribuição que era provisória mas estão querendo transformar em imposto.

O dinheiro é suado mas é nosso !!!

O AcordaBrasil se sente indignado com uma declaração dessas e mais uma vez vem reforçar que o Povo brasileiro não aguenta mais pagar tantos impostos que servem somente pra aumentar o caixa do Governo Federal, que por sua vez não sabe destinar os recursos da maneira correta e não os administra de uma forma que possa garantir o crescimento e desenvolvimento sustentável do País.

Governo Federal investirá 350 milhões em reformas e ampliações de Aeroportos!

agosto 5, 2007

Olá amigos e leitores do Acorda Brasil, demorou mas o Governo viu que não tinha solução para o caos aéreo que não fosse abrir os cofres públicos e fazer investimento de verdade na infra-estrutura dos aeroportos do nosso País. Serão investidos 350 milhões e os aeroportos que receberão reformas são: Congonhas e Cumbica, ambos em São Paulo, Santos Dumont (RJ), Vitória (ES), Goiânia (GO), Brasília (DF), Macapá (AP) e Salvador (BA).

Lembramos apenas ao Governo Federal que não adianta aumentar o investimento se não souberem gastar devidamente este valor. Precisamos otimizar os investimentos realizados se quisermos definitivamente melhorar a capacidade de crescimento deste país.

Abaixo assinado pelo fim da CPMF !!!

julho 28, 2007

Pessoal, chegou a nossa vez de dizer ao Poder Público quem dita as regras neste país…

Abaixo assinado pelo fim da CPMF !!!

Nós temos o direito e o dever de lutar pelos nossos interesses que são os interesses do País. Chega de abaixar a cabeça e achar que temos que engolir tudo o que vem de Brasília.

A CPMF, quando surgiu em 1996, era apenas uma contribuição provisória criada para salvar a saúde pública, uma vez que o Sistema Único de Saúde estava em xeque, vivendo grandes tragédias.

Passados 11 anos de sua criação, corremos o risco de que se torne definitiva, contrariando o desejo da população brasileira, que é ser desonerada, liberada deste ônus. Assim, manifestamo-nos contra a suposta necessidade de prorrogação, pelo Governo, da vigência da CPMF.

A CPMF acaba agora em dezembro/2007, o governo tem até setembro para prorrogar esse imposto, você não pode deixar isso acontecer:

Segue abaixo link para abaixo assinado contra a CPMF. Precisamos do máximo de assinaturas.

http://cpmf.fiesp.com.br/

Bolsas Asiáticas fecham em baixa! Mercado Europeu opera em baixa!

julho 27, 2007

Tensão no mercado. Dia deve ser turbulento na Bolsa de São Paulo.

              Bolsas Asiáticas fecham em baixa! Mercado Europeu opera em baixa!

Olá amigos e leitores do Acorda Brasil. Parece que a crise no setor imobiliário norte americano é mais séria do que pensávamos. Após o dia turbulento de ontem quando tivemos um dos piores resultados da bolsa e do câmbio no ano, os analistas financeiros esperam mais um dia de preocupação no mercado financeiro.

As bolsas asiáticas fecharam em baixa e as européias operam em baixa também neste momento. Isto é um indício de que a bolsa de valores de São Paulo viverá mais um dia de tensão total. Além disso os analistas acreditam que a situação não tem previsão de melhora para os próximos dias. Conforme o Acorda Brasil informou ontem esta crise no mercado internacional trará consequências para a economia brasileira, podendo inclusive interromper a série de cortes na taxa de juros pelo Banco Central e levar a inflação para cima nos próximos dias devido ao aumento do dólar.

Precisamos ficar atentos às mudanças e não podemos nos esquecer de que todas as bolsas estão vivendo esta turbulência. É natural que os investimentos em países de risco tenha um forte recuo neste período e a fuga de dólares é inevitável.

Mercado Financeiro sente efeitos da crise nos EUA

julho 26, 2007

 Atenção Total. Crise nos Eua podem travar nossa economia!!!

                      Atenção Total. Crise nos Eua podem travar nossa economia!!!

Parece que a tranquilidade que pairava sobre a economia brasileira resolveu dar uma trégua.  Hoje todos nós observamos com atenção as movimentações no mercado internacional e principalmente brasileiro. Após vários índices que demonstravam confiança na economia brasileira e uma estabilidade que possibilitava ao Banco Central cortar gradativamente a taxa de juros estimulando o crescimento do país, hoje tivemos uma forte baixa nos rumos da economia em virtude da crise imobiliária nos Estados Unidos. Todas as tendências de cortes nos juros e de indicadores da economia poderão ser revistos devido a este acontecimento. Os Investidores têm medo que a desvalorização dos imóveis nos Estados Unidos venham contribuir para o desaquecimento da economia norte americana.

O que isso interfere no Brasil?

Os Investidores retiram então seus investimentos dos mercados emergentes e considerados de risco e aplicam em mercados mais estáveis e considerados seguros como o norte americano. Esta fulga de capitais eleva o dólar e desvaloriza a bolsa de valores levando a mesma a cair. Além disso o Risco País sobe muito pois os investidores começam a especular e considerar risco maior em investir no Brasil.

Resta agora torcer para que este cenário internacional se reverta o mais rápido possível para não gerar grande impacto em nossa economia e travar o crescimento lento e contínuo que estávamos presenciando. O Governo Federal deve ficar bem atendo para esta provável crise que está se espalhando pelo mundo para minimizar os impactos na economia.

Crise aérea causa prejuízo às empresas!!!

julho 26, 2007

Crise aérea causa preju�zo à empresas!!!

A atual crise na aviação pode prejudicar o PIB que está previsto para 4,5% de crescimento em 2007. Os setores mais afetados são os de Negócio e Turismo que utilizam muito a aviação como ferramenta de trabalho. As autoridades precisam resolver esse problema bem rápido para evitar que tenhamos um PIB ainda menor do que esse que já é esperado…

O problema é que esta situação só vem piorando nos últimos 10 meses após o acidente da Gol.

Claro fatura mais de 2 bilhões no 2° trimestre!!!

julho 26, 2007

Em meio ao apagão aéreo, para alguns tudo está Claro…

Em meio ao apagão aéreo, para alguns tudo está Claro…

A Claro teve um aumento de 145% no último trimestre em comparação com o mesmo período de 2006. A base de clientes passou de 20,9 para 26,3 milhões. A participação da empresa hoje no mercado de telefonia móvel no Brasil é de aproximadamente 25%.

Isso nos mostra que alguns setores da Economia estão crescendo com a atual estabilidade econômica e câmbio baixo. Como a maioria dos aparelhos celulares possui componentes eletrônicos importados, o dólar possibilita uma redução considerável nos preços de celulares. Além disso o desemprego controlado, a renda do trabalhador, e a inflação controlada estão contribuindo para isso.

Consumo de energia elétrica aumenta. Corremos risco de novos apagões?

julho 24, 2007

 Será a nova crise? Após o apagão aéreo vem aí o apagão energético!

Será a nova crise? Após o apagão aéreo vem a� o apagão energético!

O consumo de energia elétrica no Brasil está aumentando segundo os números da Empresa de Pesquisa Energética (EPE). De acordo com os dados o aumento foi de 8,2% em Maio em comparação com mesmo período de 2006.

Com a melhora na economia estamos tendo novamente um crescimento no consumo de energia elétrica e isto pode provocar um novo risco de apagões nos próximos anos. Estamos comprando mais eletrodomésticos e eletroeletrônicos que estão impulsionando o consumo de energia nos últimos meses. Além disso as indústrias estão produzindo a todo o vapor fazendo que o consumo também seja alto.

Não podemos novamente correr riscos de novos apagões. Isto traria uma nova crise energética para nosso País fazendo com que todos os nossos indicadores econômicos tenham índices ruins para a economia. Estou falando da inflação disparar, do dólar subir, dos juros aumentar, do desemprego aumentar, da renda do trabalhador cair, do risco-Brasil aumentar, e da Bolsa de Valores voltar a ter muita instabilidade.

Tudo isso voltará acontecer com uma nova crise de energia elétrica. Se não forem feitos investimentos neste setor teremos certamente uma nova crise por volta de 2010. Enfrentaremos novamente racionamento de energia forçado e aumento das tarifas das companhias de energia elétrica.

O governo está estudando algumas saídas como acionamento das usinas térmicas e movidas a óleo combustível. Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) o Brasil não corre riscos de novos apagões pois está sendo feito um planejamento muito forte em cima disso. Porém o próprio órgão admite que o estudo que está sendo feito deveria ter sido entregue em Abril deste ano e até agora não foi concluído. Bom, perguntamos então: Que planejamento é esse que está com mais de 3 meses de atraso?

Estamos de olho Brasil e vamos economizar energia elétrica enquanto isso. Podemos fazer a nossa parte. Seguem algumas dicas:

Troque todas as lâmpadas de sua casa por lâmpadas que economizem energia.

Não deixe aparelhos e lâmpadas ligadas sem que alguém esteja usando.

Cuidado com o banho! Chuveiro não é cachoeira! Além de gastar energia estamos também desperdiçando água!

Vamos rezar pra chover muito pra nunca acabar a água dos reservatórios das usinas. Assim não teremos problemas com apagão!

Abraços Brasil